25 setembro 2009

AMANDO A SI MESMO...


Se teus pensamentos vagam pelo infinito,
preocupados em descobrir e definir o que é
o AMOR, não te percas em uma viagem sem
sentido.

4 comentários:

Barbara disse...

Corretíssima.
Descobrir e definir é coisa meio que estática, sendo que o tal do AMOR é dança, é vida que circula o tempo todo.
Até o ato de abrir gavetas e escolher a cor que se vai usar é ato de amor.
Posso estar sendo simplória mas posso não estar.
Obrigada por eu ter vindo aqui.

tereza ferraz disse...

Amor é sentido...
Bela poesia!

Nely (T) disse...

Olá amiga.

A descoberta do amor inicia-se no coração e viaja por todos os sentidos,não é?

Beijo com carinho.

CARLA FABIANE... disse...

Boa Noite amigas!
"O amor começa com uma pequena
medida... se movimenta por uma
pequena margem... e penetra
suavemente no coração."
(Walter Grando)
beijos...