17 abril 2009

COMO DORMIR?

O vermelho Pulsa...
O sinônimo da paixão...
De luz e força...
Vejo e revejo o vermelho...
Como ao estado sereno alcançar?
Se é só vermelho que consigo enxergar!
Sangue vermelho, que circula nas veias
e dá vida ao coração...
Além das formas singulares...
É visão atraente, desejo escrito sobre conteúdo latente...








"Sou uma mulher a mais."

Fico intrigada com o vermelho, sensação antiga, desde o ovo da ressureição pintado nas mãos de Maria Madalena.
Não engulo os clichês do vermelho-sensual, desconfio que chegam mesmo a aviltar o vermelho.
Sangue?
Talvez algo entre a cor e o fluxo, não sei.
Por enquanto, bastam Clarice e essa discreta provocação que é compreender sem entender.

Clarice Lispector

5 comentários:

Marília Domingues disse...

Adorei!!!

Clarice tem toda razão...

YullyAngel. disse...

perfeitooo...
ui....

BJo

ellen disse...

Se aceita Selos, vá buscar ao meu Blog 'os meus miminhos' uma para si que eu ofereço!

SELO - Blog INTERESSANTE e vale a PENA

beijinho

António Rosa disse...

Parabéns. Muito bom.

CARLA FABIANE... disse...

muito amor para vcs todos, um amor bem vermelho...
com muita paixão...
bjs